Sexta-feira, 21 de Julho de 2017 | você está em »principal»Blogs»Filhos Brilhantes
Publicado em 23/06/2017 às 14h30
Somos o passado da geração de amanhã


BENEDITO VELOSO

Foi no tempo em que o então prefeito Antônio Nunes de Morais Júnior havia mandado demolir o antigo prédio do Colégio Antônio Afonso e corriam boatos de que o casarão da Rua XV de Novembro, que foi residência do alferes João da Costa Gomes Leitão, teria o mesmo destino. Era década de 1970, em que jovens intelectuais reuniam-se para discutir problemas da cidade, principalmente os da cultura. O Brasil ainda era “o País do Futuro”.

Um desses jovens, o filho brilhante Osmar de Almeida, mostrava-se preocupado com tais boatos. O solar Gomes Leitão, construído no século 19 e símbolo valeparaibano do poderio cafeeiro da época, não poderia virar sucata. Osmar reuniu amigos que tinham a mesma preocupação e convenceu-os da necessidade de discutir uma saída para aquela ameaça.

Daí, nasceu a ideia da criação de um museu que cuidasse com eficiência da preservação da memória da cidade. Jacareí possuía um passado de respeito. Havia sido a “Athenas Paulista”, pela qualidade do ensino da primeira metade do século passado, e havia achados arqueológicos que reforçavam a sugestão. O museu deveria registrar a passagem do homem não apenas de Jacareí, mas de todo o Vale do Paraíba já que toda região apresentava características que justificavam isso.

Assim nasceu a ideia que mais tarde concretizou-se como Museu de Antropologia do Vale do Paraíba. Osmar foi o pai da ideia e um dos maiores articuladores para torná-la realidade. Inclusive, fez várias gestões junto a autoridades da área, como a museóloga Waldisa Rússio Camargo Guarnieri, da USP, respeitada internacionalmente que de pronto concordou em colaborar.

Osmar não está satisfeito. No início deste século, há 17 anos, o MAV fugiu à finalidade a ponto de tornar-se apenas um prédio, uma lembrança e um foco de cupins.  Há promessas de que vai ser recriado, em breve, como museu de verdade, que possa vir a tornar-se de grande projeção nacional. “Vontade, competência, conteúdo e um passado que justifique a empreitada, existem”, explica Osmar. Resta-nos a esperança de que haja o entendimento hoje de que somos o passado das gerações de amanhã, às quais cabe-nos mostrar que pensamos nelas.

Publicidade
Compartilhe

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 JUL
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Filhos Brilhantes

Assuntos como cerimonial, teatro, literatura, música, pintura terão sempre pessoas da terra como protagonistas, a grande maioria de Jacareí

 


E-mail do autor: bvelosomc@gmail.com
Arquivo
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: