Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 05/06/2013 às 17h15
45 anos de puro espírito jornalístico
A redação / Diário de Jacareí

No dia 6 de junho de 1968, a cidade de Jacareí teve contato com aquele que seria, quase cinco décadas depois, o seu mais importante jornal impresso, então de propriedade de Jair Rocha, Edmundo Gaspar e Benedito Mendes Silva. Há exatos 45 anos, o jornal passou por inúmeras transformações, tanto em função da necessidade de acompanhar o desenvolvimento do setor de comunicação do país, quanto para se ajustar à linguagem e formato editorial consonante com as necessidades de um público leitor cada vez mais crítico diante dos fatos.

No dia 2 de dezembro de 1972, “O Jacaré”, jornal cujo nome fazia alusão à cidade, que na língua tupi-guarani significa rio de jacarés, mudou de nome e teve sua primeira circulação, como Diário de Jacareí. Mais recentemente, a partir de 2007, o periódico manteve o formato standart, mas ganhou o colorido em todas as edições e inseriu em sua circulação a auditoria do IVC, órgão sem fins lucrativos que tem por objetivo certificar as métricas de desempenho de veículos impressos e digitais. Inaugurou seu site e entrou na rede mundial de computadores, abrindo as portas para a informação instantânea da globalização.

Hoje, com o advento dos tablets e dos celulares multifuncionais, o Diário de Jacareí está junto de seus leitores, seja onde eles estiverem. Com uma versão digitalizada, que propicia a visualização de seu conteúdo nos aparelhos, a individualidade e a comodidade deste tipo de tecnologia trouxe e conquistou ainda mais leitores ao jornal. Tudo isso para fazer jus ao slogan “Em dia com você”.

Apesar das transformações, desde sua concepção, o Diário de Jacareí sempre buscou pela imparcialidade na apuração para a busca da verdade existente nos acontecimentos do cotidiano. O espírito jornalístico, que entende e parte do pressuposto de não ser aceitável condicionar a investigação a não ser ao rigor do método científico e à verdade permanente procurada nos dois lados da notícia, é o nosso manual de redação, ferramenta-chave que deixa viva a verdadeira essência que move os profissionais da área: a curiosidade.

É ela o combustível para o conhecimento e o instrumento para o exercício democrático da publicação da informação objetiva, precisa e coerente. Tal exercício pressupõe um conhecimento informado do que é do interesse público, a partir de uma pluralidade de olhares e de pontos de vista proporcionada por uma informação sem fronteiras e um confronto de ideias aberto.

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter". Parafrasear Cláudio Abramo poderia ser uma mera questão de identidade com este respeitado jornalista, falecido em 1987. Mas, representa mais. É a base onde assenta a credibilidade deste jornal, conquistada através de quase meio século de existência em favor da cidadania, da liberdade e da democracia, mantendo-se fiel ao compromisso com os cidadãos e assumindo a produção de notícias sem medos ou favorecimentos a quem quer que seja.

 

É a nossa opinião.

Publicidade
Compartilhe

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

18 DEZ
Publicidade
Notícias

Blogs
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: