Sábado, 25 de Novembro de 2017 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 02/11/2017 às 17h22
Do biscouto à cerveja, uma solução importante

A Redação / Diário de Jacareí

Que nos perdoem os europeus, mas a cerveja é uma bebida conquistada pelo brasileiro. Clara, escura, avermelhada, furta-cor, com teor alcoólico mais acentuado, menos acentuado, sem álcool, e por aí vai desde que seja bem gelada. São centenas de combinações hoje fabricadas no Brasil por grandes indústrias ou produtores artesanais, genéricas ou de fórmulas exclusivas, apreciada por homens e mulheres de todas as condições sociais. A bebida conquistou pra valer os consumidores nacionais.

Faltava, entretanto, identidades regionais que permitissem alguns municípios ostentarem o título de ‘centro cervejeiro’. Aqui, em nosso aglomerado de cidades, está adiantado o avanço em busca dessa láurea. Sempre são realizadas feiras de bolinhos caipiras, comidas internacionais, galinhadas, eventos de food-trucks, concurso de petisco de bar, enfim, acontecimentos gastronômicos que nos conduzem a conquistas maiores: a de Jacareí tornar-se a capital da cerveja artesanal da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira.

O município já abriga dois dos maiores conglomerados cervejeiros do mundo. Agora é a vez de unir os pequenos produtores dessas bebidas com ‘a cara do cervejeiro’, com o sabor preferido de determinado tipo de consumidor ou de fórmula exclusiva criada por determinado restaurante, hotel ou casa noturna específica.

E não pense que por se tratar de beber cerveja estamos aqui a jogar conversa fora. Já foram contatadas entidades turísticas de outras cidades da região que apoiaram a ideia de pronto. Neste mês de novembro, nos dias 18 e 19, acontece a primeira feira de cerveja artesanal de Jacareí, no Parque da Cidade, dentro do Festival de Blues. Em março de 2018, vai acontecer evento ainda maior no mesmo parque, totalmente voltado para a cerveja artesanal. Será uma espécie de ‘marchfest’, a exemplo da Oktoberfest catarinense, que vai oferecer 50 marcas de cerveja de pequenas tiragens para apreciadores.

Isso tudo vai exigir especialização de profissionais – o município já prepara cursos específicos –, significa perspectiva de mais atrativos turísticos para Jacareí o que vai aquecer o comércio, gerar mais renda e emprego e aumentar as opções de lazer em geral. Não nos faltam recursos humanos para vencer obstáculos.

Sigamos em frente.
É a nossa opinião.



Publicidade
Compartilhe

Relacionadas
Comentários (3)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Rafael   3 semanas atrás
A ideia eh ótima, espero que o suporte de divulgação (municipal/estadual) do evento seja adequado e que haja um ambiente pra fins de negociações empresariais (naquele espaço anexo ao ibis, estaria ótimo)acerca de possibilidades. Essas cervejas artesanais tem de vir pro centro...
Rafael   3 semanas atrás
ou seja, ter suas marcas distribuídas em bares ou franquias próprias delas no centro. Quem quiser algo mais "roots", ae sim, iria ateh a sede dela. Num passo adiante, agrupa-las num e-commerce dessas cervejas locais, assim, pessoas ao redor do brasil poderiam solicitar e ...
Rafael   3 semanas atrás
gostando virem ao município nas edições futuras deste evento de março. São n possibilidades, finalmente uma bola dentro nesse seguimento, espero que não as desperdicem.
25 NOV
Publicidade
Notícias

Blogs
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: