Sábado, 21 de Outubro de 2017 | você está em »principal»Notícias»Polícia
Publicado em 27/05/2016 às 11h58
Dupla envolvida na morte de criança em Jacareí é morta em rebelião em São José

Fernanda Cruz / Agência Brasil/Diário de Jacareí
Divulgação
Viaturas policiais no local onde garota foi morta a tiro no Jardim Novo Amanhecer (região sul) na noite de sábado, dia 19 de março

Dois presos foram encontrados mortos após uma rebelião que ocorreu nesta quinta-feira (26) no Centro de Detenção Provisória (CDP) de São José dos Campos. Os corpos estavam em uma ala especial destinada a presos que correm risco de vida se colocados junto aos demais detentos, como estupradores.

Um deles era pai de uma criança morta a tiros em um assalto em março, no bairro Novo Amanhecer (região sul), em Jacareí, e o outro, um jovem que, segundo a polícia, participou do crime a mando do próprio pai da menina. Eles foram estrangulados.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou que, durante a noite, agentes recolocaram os presos nas celas. Na rebelião, que durou cerca de 10h, um funcionário do CDP chegou a ser mantido refém, mas foi liberado sem ferimentos.

O CDP de São José dos Campos está superlotado: a unidade tem capacidade para 525 presos, mas até segunda-feira (23) comportava 1.172 pessoas.

A SAP informou que a unidade está sendo automatizada, e que o funcionário feito refém estava “no único raio da unidade em que a abertura da cela era manual”.

Prisão de pai de menina morta
ocorreu três dias depois do crime

O pai da menina de sete anos, que foi baleada e morta durante um assalto em Jacareí, foi preso no dia 22 de março (um terça-feira), por volta de 19h30, como o suspeito de ser o mandante da morte da filha. O crime ocorreu por volta de 20h30, na noite de sábado, dia 19 de março deste ano, no Jardim Novo Amanhecer (região sul), durante um assalto a uma pequena lanchonete, que funciona em uma residência.

Segundo informações policiais, o indivíduo preso, de 35 anos, prestou depoimento na segunda-feira (21) e disse que a intenção era de dar um susto na mulher, porque não concordava com o funcionamento da lanchonete; segundo ele, o negócio estava atrapalhando o relacionamento de ambos. Após o depoimento, foi pedida a prisão do envolvido, que foi concretizada no dia seguinte.

A dupla que participou do assalto já foi detida: um adolescente de 17 anos ainda no dia do crime, e um elemento de 23 anos, no domingo (20). O adolescente foi o autor do disparo que vitimou a garota.

O segundo indivíduo teria sido o condutor da motocicleta usada na fuga após o crime. Câmeras de segurança das proximidades registraram a chegada e a fuga da dupla na moto no local do crime. Ele indicou onde estava a arma do crime (um revólver calibre 32) e que foi a mando do pai da criança. O caso foi registrado como latrocínio.

Após o cumprimento do mandado de prisão temporária, na terça-feira, o pai da criança foi encaminhado ao Centro de Triagem de Jacareí.

COMO FOI - Os dois assaltantes invadiram a lanchonete e levaram apenas R$ 7. Irritado com pequeno valor, o adolescente disparou e acertou a filha da proprietária, pelas costas. O tiro atingiu o coração. Ela chegou a ser socorrida na Santa Casa local, mas acabou morrendo.

Publicidade
Compartilhe

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: