Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 12/01/2018 às 15h42
Em respeito ao processo democrático e à cidadania
A Redação / Diário de Jacareí

Uma sugestão. Que entidades como Ciesp, Observatório Social, OAB, entre outras, promovam debate entre os candidatos da última eleição municipal um ano depois da posse do eleito. O primeiro encontro seria, por exemplo, entre prefeito, segundo colocado e o ex-prefeito.

Se a ideia vingasse, os encontros poderiam se estender a eleitos do Legislativo, num formato verdadeiramente esclarecedor. Esta prática evitaria o distanciamento cada vez maior, logo depois da eleição, que acontece entre o candidato eleito e o eleitorado. Distanciamento até oportuno para que as promessas feitas em campanha pelo eleito não sejam ‘incomodamente’ cobradas se não cumpridas no período.

Teríamos ‘um fechamento benéfico do processo eleitoral’ e a população ganharia muito, pois passaria a entender com clareza as ações governamentais – então na prática – e ficaria melhor preparada com chances de colocar no poder pessoas realmente certas. Sem falar que os candidatos passariam a ter mais cuidado com promessas de campanha, porque o eleito seria certamente cobrado publicamente nesse debate.

Depois de um ano calado, Hamilton Mota (PT), deu a primeira entrevista como ex-prefeito de Jacareí. Foi pela Rádio Piratininga (750 AM), quarta-feira (10) de manhã pelo Jornal Piratininga. Bom de oratória, Hamilton mostrou-se indignado com “a falta de respeito à sua pessoa demonstrada pelo prefeito Izaías Santana (PSDB)” (palavras dele) por criticar publicamente a administração de Hamilton sempre que tem oportunidade.

Respondendo ao jornalista Ângelo Ananias, o ex-prefeito afirmou que Izaías é “incoerente”. Citou como exemplo a inauguração, agora em janeiro, do atendimento adulto na ‘UPA Doutor Thelmo’ ao lembrar o fato de que “durante a campanha, Izaías criticara a mesma UPA”.

Falou que o então candidato prometera espalhar oito novas ‘UPA 24 horas’ em vários bairros “e agora diz que não vai mais fazê-lo”. Ironizou afirmando que a “imobilidade (mobilidade) urbana está uma vergonha” e por aí foi. Terminou a entrevista dizendo-se vítima de “uma desconstrução dos feitos do PT na cidade” e que vai processar Izaías por outras falas que considera “caluniosas”.

Tudo seria mais esclarecedor num cara-a-cara entre os dois, conforme propomos. Ganhariam os ouvintes, o processo democrático e a cidadania.

É a nossa opinião.

Publicidade
Compartilhe

Relacionadas
Comentários (1)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Jeferson Neu   4 dias atrás
Independente de ter posicionamento político (não tenho), mas a questão é: Depois de ter renovado o contrato com a JTU na calada da noite, o Hamilton consegue dormir tranquilamente, ou mais até, será que ele consegue se enxergar no espelho?
17 JAN
Publicidade
Notícias

Blogs
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: