Quarta-feira, 29 de Março de 2017 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 03/02/2017 às 17h58
Só boas intenções não bastam

A Redação / Diário de Jacareí

O resultado do novo relacionamento entre Executivo e Legislativo, que se concretizou na quarta-feira (1º) com a primeira sessão desta Legislatura no ano, pode ser classificado como ainda desentrosado. Foram votados quatro projetos do prefeito Izaias Santana (PSDB) e todos deram margem a dúvidas e algum desajuste na hora do voto, especialmente por parte da base de apoio ao governo. Os vereadores justificam que houve enganos justamente por se tratar da primeira sessão; as possíveis falhas da prefeitura foram debitadas aos primeiros 100 dias de tolerância para a atual administração funcionar.

Ambas as explicações são discutíveis.  As sessões do Legislativo são o final de um processo que inicia com a entrega do projeto à Câmara pelo Executivo. Isto deve ser feito com tempo suficiente para que os vereadores estudem o texto e votem com segurança em plenário. Assim não aconteceu, dizem alguns. As quase 400 páginas, formadas pelos quatro processos, chegaram com uma semana de antecedência apenas. As direções dos dois poderes justificam a correria de aprovação das matérias pela necessidade de reestruturação em alguns setores e de preenchimento imediato de cargos que são essenciais para o bom funcionamento da máquina pública.

Por outro lado, a população quer também pagar para ver se o desmembramento da Secretaria de Infraestrutura, para criar a de Mobilidade Urbana, foi com vistas à execução de um plano realmente necessário para a cidade ou apenas ajeitamento político para obtenção de maioria na Câmara. Os primeiros 30 dias de governo terminaram com a exoneração do Diretor de Trânsito, até então vinculado à Infraestrutura, e que vinha se mostrando arredio à reestruturação que apontava para a transferência do setor para um novo comando.

O ex-vereador Edinho Guedes (PR), que passou a ser o titular da nova pasta, foi ferrenho crítico do trabalho do setor na gestão passada; tornou pública a existência de supostas cotas para multas de trânsito e na campanha a prefeito disse que cortaria cargos comissionados se fosse eleito.  Agora, ‘do outro lado’ e com a caneta na mão, Edinho vai usufruir da criação de novos cargos para sua pasta; ele vai acabar com a farra das multas? Só boas intenções não bastam!

É a nossa opinião.

Publicidade
Compartilhe

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

29 MAR
Publicidade
Notícias

Blogs
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
10/09/2016
O debate na TV Band Vale ajudou você a definir o voto para prefeito de Jacareí?
  • 60%
  • 24%
  • 16%
  • 0%
  • 0%
Logos e Certificações: