Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017 | você está em »principal»Notícias»Cidade
Publicado em 17/05/2017 às 11h37
Vereador pede desculpas a colegas e diz que não quis ofender ninguém
A Redação / Diário de Jacareí
Reprodução internet
O vereador Fernando da Ótica (PSC) pede desculpas aos colegas durante discurso

O vereador Fernando Ramos, o Fernando da Ótica (PSC), ocupou a tribuna da Câmara Municipal, na manhã desta quarta-feira (17), para pedir desculpas aos colegas, afirmando que não teve a intenção de ferir a idoneidade de nenhum vereador. O parlamentar reiterou o que havia antecipado ao Diário de Jacareí no início da semana, enfatizando que ‘não queria ofender ninguém’ em alusão a seu discurso na Casa e à publicação de um vídeo em sua página na rede social Facebook, em que acusou seus pares de votarem contra as famílias.

“Quero retirar minha fala, que foi muito pesada, agressiva, mas não foi isso que eu quis dizer. Depois do meu discurso, faço questão de descer da tribuna e apertar a mão de cada um dos colegas”, reforçou.

POLÊMICA - A declaração foi feita na sessão do último dia 10, após a rejeição de um projeto de sua autoria que propunha a isenção no pagamento da taxa da Área Azul Eletrônica para idosos e portadores de necessidades especiais. O projeto, que já havia recebido parecer contrário do jurídico da Casa, foi rejeitado por todos os demais parlamentares por se tratar de iniciativa exclusiva do executivo.

De acordo com Fernando da Ótica, o vídeo, postado na internet minutos depois da votação, foi retirado do ar de sua página no Facebook no último fim de semana. Mesmo assim, o caso poderá parar na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, se confirmado o movimento dos colegas de representar contra o vereador na comissão. Ele poderá ser advertido, suspenso ou até perder o mando por infringir o Regimento Interno da Câmara.

DÍZIMO – Quanto à postura do colega Abner de Madureira (PR) que na mesma sessão do dia 10 o acusou pela suposta cobrança de um ‘dízimo’ de dez por centro sobre o salário de seus assessores, no curso de seu primeiro mandato na Câmara Municipal, Fernando da Ótica negou a cobrança e atribuiu a fala de Abner ao calor dos debates. “Somos parlamentares e muitas vezes ficamos tensos nas sessões. Não irei fazer nada, somos amigos”, reforçou.

Antes de se eleger vereador pela primeira vez, em 2016, Abner foi chefe de gabinete de Fernando da Ótica no período de 02 de janeiro de 2013 a 14 de setembro do mesmo ano, com vencimentos mensais de cerca de R$ 2 mil.

“Não pretendo levar esse assunto adiante porque é um fato antigo, mas desabafei sobre isso na intenção de mostrar à população que o vereador Fernando estava equivocado e que é insustentável esse discurso de defensor da família, quando na verdade ele está ludibriando a população”, afirmou o vereador Abner de Madureira.

O discurso do vereador Abner Madureira pode ser conferido na íntegra através do link http://www.jacarei.sp.leg.br/videos-sessao/15a-sessao-ordinaria-10-de-maio-de-2017/.

Publicidade
Compartilhe

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

12 DEZ
Publicidade
Notícias

Blogs
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: