Publicidade
Quarta-feira, 21 de Abril de 2021 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 03/03/2021 às 08h08
Doria propõe ação conjunta com municípios e acena com medidas ainda mais restritivas
A Redação / Governo de SP
Governo de SP
Governo de SP
O governador João Doria fala, ao lado de secretários estaduais, durante videoconferência com prefeitos de São Paulo

O governador João Doria (PSDB) acena com medidas ainda mais restritivas na tentativa de conter o agravamento da pandemia de Covid-19 em São Paulo. Ele coordenou uma videoconferência com mais de 600 prefeitos na tarde de terça-feira (2) para debater novas ações conjuntas de enfrentamento ao coronavírus. O prefeito de Jacareí, Izaias Santana (PSDB), participou do encontro. 

O recrudescimento da pandemia levou o Governo de São Paulo e as prefeituras a um alinhamento para a eventual aplicação de medidas mais restritivas em todos os 645 municípios do Estado como, por exemplo, a retomada da fase vermelha em algumas regiões do Estado, entre elas o Vale do Paraíba. "Não podemos estar ausentes, indiferentes, tratarmos isso com frieza ou debaixo de pressões que não sejam exclusivamente pela proteção à vida", disse Doria.

A reunião online teve a participação de 618 chefes de executivo, além dos secretários de Estado Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional), Jean Gorinchteyn (Saúde) e Patricia Ellen (Desenvolvimento Econômico) e os Coordenadores do Centro de Contingência, Paulo Menezes e João Gabbardo.

João Doria reforçou que a situação atual no estado é alarmante e que Estado e prefeituras precisam de ações coordenadas para preservar vidas e reduzir a pressão sobre a capacidade hospitalar do SUS e também de hospitais privados.

APOIO
O presidente da APM (Associação Paulista de Municípios), Fred Guidone, formalizou em carta o apoio "às medidas estruturais de combate à pandemia adotadas pelo Plano SP" e reconheceu o "esforço de Governador e Prefeitos" no enfrentamento da crise sanitária. A APM também ressaltou a "inércia do Governo Federal em adotar atitudes eficazes e ações eficientes em âmbito nacional".

O Governo do Estado reforçou aos prefeitos que São Paulo possui 7.415 pacientes internados em UTIs, número recorde desde o início da pandemia. "O cenário é alarmante e exige uma ação pronta e unificada de todos nós. Situação é preocupante em todas as regiões, com maior gravidade no interior", acrescentou Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional.

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 ABR
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Blogs
Publicidade
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: