Quarta-feira, 18 de Julho de 2018 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 24/07/2015 às 17h40
Tempos Melhores
A redação / Diário de Jacareí

Em tempo de crise, qualquer esperança, por menor que seja, mesmo que não venha a se tornar algo concreto, já dá certo refrigério. Assim é a reafirmação da Sany, de que ‘os planos de Jacareí continuam’, mesmo depois das demissões e greve em sua unidade em São José dos Campos. A empresa chinesa continua aguardando o desenrolar da situação econômica do país e que não há uma previsão para o início de sua operação, mas ainda não descartou seus investimentos na cidade.

Os trabalhadores da unidade de São José decidiram suspender, na última segunda-feira (20), a greve contra a demissão de trabalhadores iniciada no último dia 15. O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região vai entrar com uma ação na Justiça do Trabalho contra o plano de demissões da empresa.

Atualmente, a Sany conta com 120 trabalhadores e pretendia demitir 50 ainda este mês. Com a greve dos metalúrgicos, este número foi reduzido para 35, sendo que 18 demissões já foram concretizadas.

Essa postura da empresa está relacionada à crise pela qual o país passa. A Sany comunicou, através de nota, que “o delicado momento da economia brasileira obrigou a empresa a ajustar as equipes de colaboradores à nova realidade de produção, reduzindo o quadro de pessoas até uma nova retomada nos negócios”. Essa situação faz com que qualquer um fique com o pé atrás em relação à instalação de uma nova unidade em Jacareí, mas, por enquanto, o empreendimento não foi descartado pela empresa chinesa.

Aliás, a China está bem empolgada com o Brasil, como ficou demostrando durante o lançamento oficial do Polo Automotivo e Tecnológico de Jacareí, que prefeito Hamilton Mota (PT) classificou como um ‘momento histórico’. O ato consolidou a parceria entre prefeitura e Chery. Talvez essa postura da Chery encoraje a Sany a levar adiante a sua proposta de se instalar na cidade.

Apesar da crise nacional, que Jacareí continue acreditando em tempos melhores, assim a população poderá vislumbrar novos postos de trabalho e menos desemprego, como atestam os números divulgados recentemente.

É a nossa opinião.

 

 

 

 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (1)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Jeferson Neu   3 anos atrás
Na verdade, as demissões da Sany, não tem muito a ver com o mercado. A empresa chinesa, que detém 40% de market share no Brasil, com a venda de guindastes, pretende transferir a produção dos mesmos para a China. Esse é o real motivo das demissões em SJC.
18 JUL
Publicidade
Notícias

Blogs
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: